Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

minhas notas

Razões para viver

30.04.09 | minhasnotas

Um inquérito realizado pelo Prince’s Trust, associação não lucrativa de ajuda aos jovens, concluiu que um em cada 10 britânicos dos 16 aos 25 anos pensa que a vida não faz sentido e não vale a pena vivê-la. Mais de 25 por cento sentem-se deprimidos, quase metade sentem-se stressados, sem qualquer perspectiva de futuro nem ninguém com quem falar dos seus problemas, e o sentimento de inutilidade é duas vezes maior entre os jovens que não arranjam emprego nem formação (notícia do Público 8/2/2009). Segundo um especialista, “arriscamo-nos a ver uma geração de crianças vulneráveis perder-se na raiva, na depressão e nos problemas mentais que daí decorrem”. Será que temos tempo para reflectir um pouco sobre estes sinais indicativos de um grande mal-estar que começa a tomar conta da vida das pessoas? Deixou-se de “acreditar” em muita coisa e até já nem na vida se acredita. Começa a ser urgente revermos os valores e as orientações da nossa insuspeitável e inquestionável “modernidade”.